Veja o que estão falando sobre o ConectarAGRO

Rating

ConectarAGRO ultrapassa meta e leva sinal de internet 4G para mais de 5,1 milhões de hectares de áreas produtivas do Brasil

Em menos de um ano de seu lançamento, o programa ConectarAGRO ultrapassou a meta de promover a conectividade banda larga 4G ao campo. O objetivo inicial era disponibilizar a conectividade em cinco milhões de hectares e o resultado foi cinco milhões e 100 mil hectares, cumprindo a meta estabelecida pela iniciativa, que segue os conceitos de tecnologia aberta, simples e acessível, usando a faixa de 700MHz, padrão global que permite a cobertura com melhor compromisso entre abrangência e capacidade. Agora o trabalho será para definir uma nova meta para 2020.

Entenda a importância da ação

Com o objetivo de não apenas conectar, mas de garantir a conectividade de forma aberta, padronizada e acessível às terras produtivas de todo o país, a CNH Industrial, ao lado de mais sete empresas: AGCO, Bayer, CNH Industrial, Jacto, Nokia, Solinftec, TIM e Trimble, atende aos clientes de uma forma completa e, sobretudo, responsável. O grande destaque do ConectarAGRO é promover a liberdade de escolha da conexão, sem tirar o foco do negócio. Assim, o produtor, de qualquer segmento do agronegócio, poderá usufruir dos recursos tecnológicos e digitais mais atuais existentes na Agricultura 4.0. A área de cobertura é impactante, mesmo pelo pouco tempo de atuação da iniciativa, que foi apresentada em abril do ano passado, e representa em torno de 7% da extensão plantada de grãos e cana no país. Comparativamente é equivalente a área do estado do Rio Grande do Norte e maior que vários países europeus como, por exemplo, a Dinamarca.

Próximos passos

Com a intenção de reforçar e ampliar ainda mais as ações e resultados, o grupo de empresas à frente do ConectarAGRO caminha para a formação de uma Associação. Isto porque uma nova Associação civil, sem fins lucrativos permitirá uma melhor interlocução para discutir políticas públicas de conectividade para o setor, além de facilitar ações colaborativas para acelerar ainda mais a interação no campo. Outro aspecto importante será a ampliação dos participantes da iniciativa bem como a possibilidade de suportar, de forma abrangente, as diversas AgTechs que surgem com soluções para o agronegócio e dependem da conectividade para se inserir no ecossistema.

Para fazer download de imagens relacionadas ao ConectarAGRO, clique aqui.


Eder Fantini
“Como toda empresa de agronegócio, nós temos uma capilaridade que está espalhada em vários pontos e isso traz a dificuldade de se conectar às pessoas, de usar telefonia celular. A TIM, nesse sentido, olhou os problemas do agronegócio e trouxe soluções com o 4G. Foi apresentado, para nós, um projeto chamado de 4G TIM no Campo, que viabilizaria a instalação de antenas, em 700Mhz. Passamos a conectar tablets, smartphones e estamos trabalhando a conexão de máquinas agora. A empresa passou a ter informações mais ágeis, em tempo real da operação. Consequentemente, mais colheita, menos custos, e, no fim das contas, mais lucro para a empresa. O Apoio da TIM não só gerou benefícios na Jalles Machado, quanto na região que a nossa empresa atua, na cidade de Goianésia, onde a operadora está realizando a implantação do sinal 4G para toda a comunidade.”
Eder Fantini Junqueira, Gerente de TI da Jalles Machado S.A.

Site Segs
ConectarAgro pretende levar internet 4G a 13 milhões de hectares na zona rural do Brasil. Entidade, que começou a operar oficialmente como associação nesta quarta-feira (1/7), informou que 35 empresas têm potencial para integrar a iniciativa.
Revista Globo Rural, 01 de julho de 2020. A matéria na íntegra você acessa aqui.

Site Segs
ConectarAgro se transforma em associação.
Entidade busca estimular o avanço da conectividade em áreas rurais.
Valor Econômico, 01 de julho de 2020. A matéria na íntegra você acessa aqui.

Site Segs
Projeto que leva internet ao campo atinge 5,1 milhões de hectares em um ano. Capitaneada inicialmente por oito empresas, o ConectarAGRO se tornou uma associação e planeja oferecer conexão a 13 milhões de hectares.
O Estado de S.Paulo, 01 de julho de 2020. A matéria na íntegra você acessa aqui.

Site Segs
Mais conectividade para as áreas rurais do Brasil. O ConectarAGRO tem o objetivo de promover a conectividade nas áreas rurais do Brasil e agora passa a ser uma associação civil sem fins lucrativos. Desta forma, novas empresas que se identificarem com o propósito podem se associar.
Diário de Pernambuco, 02 de julho de 2020. A matéria na íntegra você acessa aqui.

Site Segs
ConectarAgro vira associação em prol da conectividade 4G no campo. Além da conectividade no campo, o ConectarAGRO terá como objetivos fomentar o ecossistema de Internet das Coisas (IoT) voltado para o campo; educar os agricultores sobre o uso da tecnologia; e alinhar os associados na interação com fóruns públicos e privados do seu interesse.
Portal Teletime, 01 de julho de 2020. A matéria na íntegra você acessa aqui.

Site Segs
Em sua fazenda de 3.500ha na região de Ponta Grossa, no sudeste do Paraná, Cassio Kossatz faz uso de tecnologias na área onde planta feijão, milho e soja no verão; e trigo, cevada e aveia, no inverno. Apesar de ter tantas ferramentas que podem ajudá-lo a aumentar a produtividade e a ter uma gestão mais eficiente da lavoura, do plantio à colheita, ele esbarra na falta de conectividade no campo. "Nossa região não é uma das piores em conexão, temos esse privilégio na região Sul. No entanto, tenho dificuldade em usar funcionalidades de plataformas por conta do sinal inconstante. Na nossa propriedade, nós investimos em internet no barracão e conseguimos passar os dados no fim do dia, isso é um grande avanço, mas não é o suficiente", comenta o agricultor. Para Kossatz, uma iniciativa como o ConectarAgro é o primeiro passo dado para levar conectividade ao campo.
Entrevista concedida em 14 de Junho de 2019. Website SEGS.

Site Segs
Oito empresas dos setores de máquinas agrícolas, de equipamentos de agricultura de precisão e de telecomunicações se uniram para lançamento do ConectarAgro.
Revista Globo Rural. A matéria na íntegra, você acessa aqui.

Site Segs
A digitalização promete ampliar a produtividade no campo com agricultura de precisão graças ao empenho e parceria de fabricantes de máquinas e telecomunicações.
Revista Valor Econômico. A matéria na íntegra, você acessa aqui.

Site Segs
Iniciativa inédita amplia em 7 vezes a cobertura 4G no campo. A expectativa é que até o final de 2019, o acesso à tecnologia esteja disponível em 50 mil km² de área rual.
Portal G1. A matéria na íntegra, você acessa aqui.

Site Segs
Durante a Agrishow, em Ribeirão Preto, oito grandes empresas lançaram o projeto ConectarAGRO, para reverter o baixo acesso à banda larga nas áreas rurais.
Portal Gauchazh. A matéria na íntegra, você acessa aqui.

Site Segs
Destaque na feira Agrishow deste ano, o ConectarAGRO chega para promover a expansão da cobertura de internet móvel nas mais diversas regiões agrícolas brasileiras.
Revista Grupo Cultivar. A matéria na íntegra, você acessa aqui.

Site Segs
Com o objetivo de resolver um a falta de conectividade no campo, oito empresas das áreas de agronegócio e telecomunicações se uniram para criar o ConectarAGRO.
Revista AutoIndustria. A matéria na íntegra, você acessa aqui.

Site Segs
ConectarAGRO tem como objetivo a conectividade do agronegócio brasileiro e a promoção de ambiente favorável de acesso à internet móvel nas regiões agrícolas brasileiras.
Jornal Correio Braziliense. A matéria na íntegra, você acessa aqui.

Perguntas Frequentes

Uma Associação formada por empresas que visa promover solução tecnológica para estimular a expansão do acesso à internet nas mais diversas regiões agrícolas brasileiras.

A partir de um problema comum, enfrentado pelo agricultor e empresas do setor, que é a falta de rede e internet no campo, impedindo o acesso efetivo às soluções tecnológicas, hoje, ofertadas no mercado. O engajamento de várias empresas permitirá uma análise 360° do problema, viabilizando a implantação em grande escala nas propriedades do país.

Por meio da análise da viabilidade do projeto, aproveitando a infraestrutura já instalada e levando em consideração as condições técnicas e econômicas das regiões.

Isso significa que as áreas com maior viabilidade, possivelmente, serão as inicialmente atendidas. Cada empresa disponibilizará seus próprios equipamentos e serviços separadamente. As empresas fundadoras da Associação não desenvolvem, conjuntamente, quaisquer atividades econômicas e não compartilham quaisquer riscos ou resultados.

AGCO, Climate FieldView, CNH Industrial, Jacto, Nokia, Solinftec, Tim e Trimble.

Sim, o propósito da Associação ConectarAGRO é incentivar solução tecnológica que atenda toda a área agrícola do território nacional.

A promoção de tecnologias abertas, abrangentes a soluções de automação no campo, conectando máquinas e pessoas, propiciando, dessa forma, mais liberdade e flexibilidade ao produtor que usa essas tecnologias. Esse conceito é o diferencial da Associação ConectarAGRO em relação às outras, que, por serem fechadas e limitadas, trazem maior insegurança ao produtor que usa essa solução tecnológica, podendo diminuir as opções e dificultar sua adoção.

A solução tecnológica promovida pelo ConectarAGRO visa permitir ao agricultor conectar qualquer uma de suas máquinas à internet, desde que elas estejam aptas à conexão.

O ConectarAGRO visa promover solução tecnológica de conectividade para toda a comunidade agrícola – grandes, médios e pequenos produtores –, incluindo os da agricultura familiar.

Conheça as empresas fundadoras e apoiadoras da Associação ConectarAGRO.
Grandes fomentadoras da conectividade nas áreas rurais do país: